Diga “NÃO” sem culpas

PT Meeting Center

Bem comunicado, o ‘não’ é uma palavra pequena, capaz de resolver muitos problemas grandes!

Warren Buffet, filantropista e um dos investidores mais bem sucedidos de todos os tempos, diz que ‘a diferença entre as pessoas com sucesso e as pessoas com muito sucesso, é que estas últimas dizem não a quase tudo na vida’. Neste workshop, António Sacavém aborda de forma prática o tema do ‘dizer não sem culpas’ e o impacto que tem na tomada de decisão e no sucesso profissional. Nas sessões de coaching executivo que o António Sacavém facilita, quando um líder pretende trabalhar a sua capacidade para estabelecer limites, porque sente que não é respeitado pela sua equipa, este é um tema que pode estar relacionado com o ‘não-assertivo’. Quando outro executivo sente que tem falta de empatia e dificuldade em motivar a equipa, pode chegar à conclusão que usa abusivamente o ‘não-negativo’. Quando um CEO se queixa da falta de foco e da baixa produtividade, pode vir a concluir que necessita de aprender a dizer eficazmente o ‘não-positivo’. E por daí em diante.

A grande questão é que por vezes dizemos ‘sim’, mesmo quando a nossa vontade é dizer que ‘não’. Isto porque temos receio de ficar com um peso na consciência, de ficar mal vistos aos olhos dos outros, de nos afastar dos nossos objetivos, ou porque achamos que a nossa recusa nos pode trazer chatices e conflitos. Logo, pomo-nos em 2º lugar, anulamos a nossa vontade, e mais cedo ou mais tarde, sentimos frustração e arrependimento. Acabamos a viver a vida que os outros querem para nós e afastamo-nos do nosso talento e dos nossos sonhos. É um jogo de perder-perder. Para evitar que isto aconteça, é necessário começarmos por desenvolver a nossa liderança pessoal. Só assim poderemos liderar mais eficazmente equipas de trabalho. Neste workshop, os participantes são convidados a aprenderem a dizer “não” com competência, a comunicarem de forma mais eficaz, de forma a alavancarem a sua liderança para o nível seguinte.

Neste workshop, vai também aprender que existe mais do que um tipo de “não”, a linguagem corporal a eles associada, e irá levar um conjunto de ferramentas importantes para dizer o “não-positivo”, um não confiante, que o vai ajudar a aumentar a sua produtividade, a equilibrar a relação trabalho/família, a gerir conflitos com eficácia, a negociar com excelência e a promover a sua realização profissional e pessoal.

Recorde-se, o ´não-positivo’ é o caminho para um ’sim-maior’, que dê forma ao seu propósito.